Liev Tolstói - Ressurreição

em terça-feira, 17 de novembro de 2020


Último romance do autor, publicado pela primeira vez em 1899.

No tribunal para compor o júri que vai definir o futuro de Máslova — prostituta acusada de roubar e envenenar um cliente —, o príncipe Nekhliúdov reconhece a serva por quem, no passado, se apaixonou. Depois de seduzi-la e abandoná-la, ele agora se vê às voltas com a difícil decisão de definir sua sentença. Ao abordar a tensão social, os privilégios da justiça e a situação carcerária, o autor de Guerra e paz e Anna Kariênina narra uma trama fascinante que tem como pano de fundo a Rússia às vésperas da revolução.

Para Natalia Ginzburg, que assina o prefácio desta edição, "nos romances de Tolstói, descoberta e compreensão se desenvolvem e crescem quase sob nossos olhos, num ritmo de festa solene; e cada romance, cada destino de cada personagem se encerra numa festiva e solene celebração da realidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário