Devil at the Gates

em sábado, 7 de novembro de 2020


Numa noite escura, ela encontra seu destino nos braços de um Duque sombrio...

Fugindo de um padrasto cruel, Harriet Russell escapa em uma noite tempestuosa, confiando apenas na misericórdia dos criados para ajudá-la. Sua carruagem capota, deixando ela e seu cocheiro feridos. Buscando ajuda de quem mora perto, ela se depara com um conjunto de portões guardados por ferozes estátuas de gárgulas demoníacas.

Quando entra nas terras sombrias e assombradas pertencentes ao Duque de Frostmore, ela tem medo de se encontrar com ele, mas deve fazer isso para ajudar seu cocheiro. Harriet fica cara a cara com o Duque, e entende por que o chamam de Diabo de Dover, com seu feroz magnetismo sensual e seu temperamento assustador. Ele é bonito, tentador e perigoso...

Ele cometeu um erro uma vez ao se apaixonar, e a morte se apresentou...

Após as trágicas mortes de sua esposa e irmão, Redmond Barrington, o Duque de Frostmore, quer ficar sozinho e barrou a entrada de todos os estrangeiros de suas terras. Quando uma jovem ferida pede ajuda, ele se vê reconsiderando seu voto de solidão quando o Natal se aproxima.

Harriet não está disposta a confiar no amor como ele é. O que começa com uma tensão aterrorizante entre eles logo se torna algo completamente diferente, uma paixão sensual que os assusta com sua intensidade. Quanto mais tempo ele passa com ela, mais Redmond se pergunta se o destino pode lhe dar uma segunda chance de afugentar os fantasmas de seu passado

Nenhum comentário:

Postar um comentário