Lizzy Bequin - Meat

em segunda-feira, 5 de outubro de 2020


Presa como um animal. Compartilhada como um pedaço de carne.

Este deserto alienígena não é lugar para uma pequena humana inocente como eu. Eu deveria ter sido mais cuidadosa. Deveria ter cuidado meus passos.

Agora estou presa na armadilha dos caçadores.

Três bestas alienígenas primitivas estão vindo para reclamar seu prêmio. Três predadores endurecidos pela batalha com músculos brutais e presas brilhantes.

E eu sou sua presa.

Eles vão fazer de mim uma refeição, e não há nada que eu possa fazer a respeito. Mas isso é fome real em seus olhos, ou é outra coisa?

Eu pertenço aos carnívoros agora. Eu sou deles para brincar como quiserem. Deles para usar. Deles para compartilhar.

Deles para devorar.

Se eu tentar escapar, eles vão me punir completamente. Mas se eu ficar por aqui, serei comida viva!

E a parte mais vergonhosa de todas? Isso é exatamente o que eu quero...

Meat é um romance sombrio de harém reverso com cenas ásperas e explícitas, palmadas e um monte de outras coisas sujas e sujas. Existem também cenas de ação contendo violência gráfica. Se você achar esse tipo de material ofensivo, deixe este livro passar. Não há continuações e um Felizes Para Sempre deliciosamente dark.

Nenhum comentário:

Postar um comentário