R. S. Grey - The Fortunate Ones

em sexta-feira, 3 de julho de 2020




No Clube de Campo Twin Oaks, há os afortunados e depois o resto de nós: os garçons, os caddies, os manobristas e, no meu caso, as garçonetes das cabanas. Na maioria dos dias, estou à beira da piscina com uma saia plissada, distribuindo margaritas para magnatas e titãs. Não é exatamente o meu emprego dos sonhos, mas ele vem com uma vantagem... James Ashwood. Ele é o lado bom disso tudo em um terno preto customizado. Além de ser um membro legado do clube, ele é um magnata da tecnologia e o solteiro mais qualificado de Austin. Ah, e aquelas covinhas? Sim, elas fazem meu estômago dar cambalhotas também. Em bons dias, eu vejo seu Porsche elegante descendo a estrada arborizada. Em dias melhores, vislumbro seu belo perfil quando passamos no corredor. E no melhor dia absoluto, eu o encontro sozinho no bar, procurando companhia. "Venha se sentar." Essas três pequenas palavras me colocaram no caminho que eu nunca poderia ter imaginado. Aviões particulares, suítes de cobertura e tentações em cada esquina tornam impossível manter distância. Seu mundo parece decadente e selvagem - mas a indulgência excessiva tem um custo. Todo beijo vem com compromissos. Todo encontro erótico é uma promessa que não estou pronta para cumprir. Quando eu aperto os freios, ele acelera. James não quer ir devagar - ele quer um compromisso. E a coisa sobre os afortunados? Eles estão acostumados a conseguir o que querem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário