Maya Hughes - Série Manhattan Misters 1

em domingo, 14 de junho de 2020


Ela é a única mulher que eu deveria manter distância, mas não consigo evitar... Eles dizem que ser bilionário tem suas vantagens, mas eu mal noto. Depois de me tornar viúvo, minha linda garotinha é a coisa mais importante para mim. Esme não falou com ninguém além de mim desde a morte de sua mãe. Quando ela desapareceu, fico perto de perder a cabeça. Quando Esme aparece sã e salva com uma garçonete fofa, eu estou pronto para dar uma recompensa à moça e seguir meu caminho, mas então Esme fala com ela. É simples, um mero "obrigada", mas sei que não posso deixar a garçonete fugir. Melanie não é como as mulheres que se jogam em mim. Seus grandes olhos castanhos tiram meu fôlego no minuto em que eu coloco os olhos nela. Ela preenche seu uniforme de garçonete rosa com curvas que mal posso esperar para colocar em minhas mãos. Não consigo tirá-la da minha cabeça. Melanie está tirando minha garotinha de dentro da concha, o que significa que ela está estritamente fora dos limites. Mas tê-la sob o meu teto e perto o suficiente para tocar é uma tentação muito forte. Meu controle lendário está começando a escorregar e não sei quanto tempo mais posso resistir a violar todas as regras que tenho.



Eles estavam errados - a vingança é um prato melhor servido quente. Eles me chamam de bastardo da sala de reuniões. Um bastardo atrás de vingança. Ninguém mexe com Killian Thorne. Então Rachel apareceu. Ela é a mulher mais bonita que eu já vi. Curvas deliciosas. Uma bunda que eu quero bater e apertar. Nenhum homem jamais a tocou do jeito que eu toco, e ela está me fazendo sentir coisas que nunca senti antes... Mas ela trabalha para o meu maior inimigo, e destruí-lo significa derrubá-la também. Ela me arruinou por todas as outras mulheres. Eu vou arruiná-la também?

Nenhum comentário:

Postar um comentário