Kristy Cunning - Gypsy Freak - All The Pretty Monsters #2

em terça-feira, 16 de junho de 2020




Como é ser um monstro em uma cidade cheia de monstros, que não sabem que você é um monstro? Complicado e um pouco assustador, mas factível. Como é ser a garota que não pode morrer ... que todo mundo parece sempre querer matar? Frustrante como o inferno. Como é desenterrar acidentalmente um vampiro alfa psicótico que todo mundo teme, que deixa muitos corpos em seu primeiro dia como um "presente" para seus problemas? Aterrorizante, se estou sendo honesta. Como é quando esse vampiro louco diz que ele quer que você seja o pequeno intervalo feliz, durante uma história antiga em andamento, e espera que você use sua vagina para convencer um alfa lobisomem, um alfa Van Helsing e um alfa desviante sexual, para que ele possa ter seus velhos amigos de volta? É quando uma garota precisa parar, olhar em volta e questionar suas escolhas de vida. Eu realmente não sei como essas coisas continuam acontecendo comigo. A vida era mais simples quando era apenas eu acidentalmente me explodindo enquanto tentava criar poções e xampus. Eu vivi minha vida com tanto sigilo que passei a maior parte sozinha. Tão solitária, de fato, que minha melhor amiga é um fantasma ilusório. Prefiro focar nela do que todas as coisas loucas que acontecem na minha vida atualmente. Desde que cheguei a esta cidade, tive minha garganta cortada por vampiros, atraí muita atenção de alguns alfas poderosos e fiz muitas coisas lamentavelmente estúpidas porque ... sou ingênua para monstros obscuros. Para eles, eu sou uma tola. Para eles, eu sou a garota ingênua da minha cabeça. Para eles, eu sou o peão em um tabuleiro de xadrez gasto, enquanto os jogadores experientes me batem. Enquanto isso, ainda resta descobrir tudo sozinha, porque, assim como eu, ninguém quer compartilhar seus segredos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário