J.R. Ward - The Savior - O Salvador – ‘Murhder e Sarah’ - Série Irmandade da Adaga Negra 17

em sábado, 10 de agosto de 2019


Sinopse: 

Antiga casa de Darius. 
A mansão federal na parte rica de Caldwell que Murhder se lembrava de ter vindo antes que tudo mudasse para ele.
Como ele estava do outro lado da rua da casa graciosa, ele disse a si mesmo para seguir em frente. 
Caminhe até a porta da frente. Bata para anunciar sua presença - embora certamente os Irmãos estivessem olhando para ele agora porque o interior da imponente Mansão de Wayne era escuro como breu. 
A premeditação fez com que uma parte dele acordasse e não fosse uma má notícia. 
Ele podia se lembrar de ser estratégico assim. 
Nenhuma luz interna significava que eles poderiam estar empilhados dez na frente de qualquer pedaço de vidro e ninguém poderia vê-los, saber seus números, avaliar suas armas. Ele teve que se perguntar se alguns não estavam do lado de fora também. Eles teriam o cuidado de ficar na direção do vento para que ele não pudesse senti-los, e ficariam em silêncio quando a neve caísse se eles mudassem de posição. Murhder não trouxera um sobretudo. Uma jaqueta. Nem um pulôver. E não porque a Carolina do Norte fosse muito mais quente. A supervisão, juntamente com o fato de que ele não possuía uma parca, parecia um sintoma revelador de sua doença mental. Movendo a mão para o bolso de trás, sentiu as três cartas que trouxera consigo. Isso importava. Não tanto o envelope da FedEx que o Rei estava tão quente e incomodado. Isso foi descuidado debaixo de um braço - ele ficou sem ele e quase não tinha voltado. Wrath estava esperando os documentos, no entanto, e sabendo o modo como o último vampiro de raça pura na Terra operava, não haveria como deixar de ir. Murhder pretendia conseguir totalmente o que precisava e nunca mais ver nenhum deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário